quinta-feira, 22 de março de 2012

Qual sua opinião sobre o Salvaguarda?

Na minha humilde opinião sobre o assunto de Salvaguarda dos últimos dias, eu fico perplexa com essa atitude. Acredito que eu como consumidor tenho o direito de escolher qual vinho comprar.  Daqui a pouco vão querer nos impor o que comprar, o que beber, onde frequentar, não vamos ter mais concorrência.

Eu sou de uma época que tinha vários mercadinhos para escolher, agora isso acabou, temos só algumas redes de supermercados, farmácia também, daqui a pouco só vamos ter duas ou três. O que está acontecendo?? Será que as próximas gerações saberão o que é concorrência?

A salvaguarda nada mais é que um determinado produto está causando prejuízo grave a um produto doméstico, em um mercado específico, e são aplicadas com o fim de aumentar a proteção da indústria doméstica para que se ajuste e recupere competitividade.

Mas agora eu fico sem entender direito essa questão, pois eu vi algumas pessoas comentando que em restaurante o consumidor acaba optando por outros vinhos que não sejam o brasileiro pois ainda não tem confiança no produto. Então não é uma questão de preço e sim de confiança??? E os vinhos importados também são caros, muito por sinal, imagine aumentar os impostos desses vinhos.

Eu como consumidora gostaria de dar uma sugestão para esse pessoal que poderiam se reunir para discutir outras coisas como: aumentar a credibilidade do vinho brasileiro, investimento em marketing, baixar um pouco o % de lucro deles, feiras para ensinar as pessoas a beber mais vinho, conversar com o governo para baixar impostos temporariamente (como se faz com o IPI de carro).

É isso! Vou tomar um chileno hoje, to com raivinha desses produtores brasileiros. Isso não se faz, quero ter opção, acho que é meu direito, ou não?

Bom é isso, tire O Sacarolha! e Cheers!

Nenhum comentário:

Postar um comentário